Estampagem têxtil

Existem vários tipos de estampagem que podem ser feitos em t-shirts e outro material têxtil. Para apresentar só algumas das opções, temos a serigrafia, a impressão directa, o flex de impressão, entre vários outros. Dentro da serigrafia temos a normal e temos, por exemplo, a quadricomia. Como poderá ver, há uma imensidão de formas de estampar uma imagem em t-shirts. Com algumas destas opções só poderemos fazer t-shirts em grande quantidade, com outras fazemos produções à unidade. Já tem a cabeça à roda e mais perguntas do que respostas? É normal e não é problema nenhum porque estamos aqui para responder a tudo o que precisar e ajudá-lo em todas as duas dúvidas.

Impressão Direta – A impressão directa é algo totalmente inovador. Imagine uma impressora como a que tem em casa (só que várias vezes maior). Agora imagine que em vez de papel ela imprime directamente em t-shirts ou qualquer outro artigo têxtil. Directamente! Sem películas plásticas e sem limites de cores! Sem perder qualidade após lavagem! Acima de tudo, sem mínimos de produção. Já está maravilhado? Imagine as suas produções limitadas de impressão de t-shirts? É caso para isso. É uma forma de estampagem extraordinária e inovadora e adivinhe, já está disponível na Maudlin Merchandise!

Quando usar a Impressão directa: Quando quer fazer produções de quantidades limitadas com qualidade semelhante à da serigrafia. Para trabalhos com ilustrações e imagens que requerem reprodução fotográfica.

.

Serigrafia – Quem é que nunca ouviu falar em serigrafia? Até pode nunca ter ouvido falar, mas de certeza que já viu t-shirts estampadas em serigrafia pois é o tipo de estampagem mais vista no mercado. Quando vai a uma loja comprar uma peça de roupa com estampagem, em grande parte dos casos essa peça foi feita em serigrafia. A qualidade é fantástica, a durabilidade é imensa! Parece que é um mar de rosas, não é? Mas não. Tal como tudo, tem as suas vantagens e desvantagens.

A cobrança da estampagem é feita tanto por cor como por tamanho. Quanto mais cores tiver a estampagem, mais caro fica. Quanto maior a estampagem, mais caro fica. Não aconselhamos ninguém a fazer mais do que digamos … 4 cores numa estampagem. É sempre bom lembrar que qualquer mudança de tom é uma cor diferente. Também não é possível fazer sombras e degrades, etc etc. Outro dos pontos negativos é que tem quantidades mínimas muito elevadas para algumas pessoas. O nosso mínimo de produção para serigrafia é de 24 unidades. Em maior parte das outras estamparias este número sobe para 30/36/50 unidades.

Ainda assim, apesar destas limitações todas, aconselhamos sempre a serigrafia para trabalhos de médias e altas quantidades.

Quando usar a Serigrafia: Em médias e grandes tiragens de t-shirts quando têm poucas cores. Quando pretende qualidade.

.

Selecção de Cores / Quadricromia – A quadricromia é uma variante da serigrafia que nos permite fazer impressões semelhantes às da impressão directa digital mas com maior durabilidade. Vejamos deste ponto; a impressão directa é aconselhada para baixas quantidades, a selecção de cores é para altas quantidades.

A selecção de cores é feita através das mesmas máquinas que fazem a serigrafia e apresenta exactamente a mesma qualidade das anteriores mas através de técnicas pioneiras, conseguimos reproduzir imagens com dezenas de tons com excelente qualidade.

Quando usar a Selecção de cores: Em encomendas a partir de 50 unidades em que a imagem tenha sombras/degrades.

.

Flex de impressão e Flex de corte – O flex é uma boa opção essencialmente para trabalhos urgentes em que a qualidade visual não é um factor muito importante. Não estamos a dizer que é uma estampagem sem qualidade, nada disso, até porque em bastantes casos a aconselhamos; mas entre as que apresentamos agora é sem dúvida o patinho feio.

Utilizamos o flex de impressão em trabalhos que têm muitas cores ou quando pretende tiragens pequenas (sendo uma impressão digital, não há limites de cores). O flex é taxado pelo tamanho da estampagem e como já explicámos num artigo anterior, trata-se de uma película transparente em que imprimimos a imagem numa impressora eco-solvente de alta qualidade; a imagem é recortada através de um plotter – o plotter descobre linhas da imagem e efectua o recorte das mesmas para que não fique com um rectângulo – e posteriormente é aplicado nas t-shirts (ou outras peças) a quente, através de uma prensa.

Quando usar o flex de impressão: Baixas quantidades (até 20/30 unidades) e trabalhos urgentes

X